ACT Mercosul Line

TAICUPAM e coirmãos voltam a negociar Acordo

Cinco meses após a rejeição da proposta da Mercosul Line para um novo Acordo Coletivo de Trabalho, os sindicatos marítimos voltaram a se sentar em março com o empregador.

O encontro aconteceu na sede da Federação Nacional dos Aquaviários, Rio de Janeiro-RJ. A representante da Mercosul Line, Tatyani Mouta, confirmou que a empresa foi vendida pela Maersk ao grupo francês CMA-CGM. A Mercosul Line, porém, continua a ser a empresa empregadora.

Foi a primeira mesa redonda entre as partes desde outubro de 2017, quando a proposta apresentada na ocasião deixou os sindicatos em dúvida. Segundo as entidades laborais, não havia clareza nas cláusulas econômicas.

SINDCONVÉS, SINDFOGO e TAICUPAM reivindicam manutenção das cláusulas que preveem pagamento de retroativos de itens como soldada-base, ajuda de custo e vale-alimentação. Os sindicatos apresentaram ainda como pauta a adoção do regime de trabalho/descanso 1×1.

A mesa de negociações marcou principalmente a reaproximação entre as partes. A expectativa é de que as pendências de 2017 sejam solucionadas nos próximos encontros.

O TAICUPAM foi representado no encontro pelo presidente Ossian Quadros [na foto, o primeiro à direita].

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *