Crise fluvial em Portugal

Trabalhadores em assembleia votam operação padrão
Está em crise o transporte hidroviário de passageiros em Lisboa, onde as empresas Soflusa e Transtejo atravessam uma crise que as obriga a suprimir horários entre a capital e regiões.
A Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações pediu audiência ao governo após os trabalhadores, em assembleia, terem votado uma operação padrão em que nenhum deles aceitará fazer hora extra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *